segunda-feira, 12 de maio de 2014

Mãe não é um ser etéreo. Acreditem!

Um beijo para TODOS que são mães. Um beijo pro pai que cria, pra vó que cria, pra tia, tio, pra madastra, enfim, pra quem dá atenção, carinho e cuidado. Beijo pra mãe sobrecarregada, pra mãe do dia-a-dia, pra mãe que não é santa, que não caiu do céu e que "não exerce a função mais importante do mundo." Um beijo pra mãe que nunca soube o que é instinto materno, mas sim, o de sobrevivência, praquela que muitas vezes pensou em jogar tudo pro alto porque "isso também é de Deus", beijo pra mãe que não "sabe sempre o que fazer", praquela que não comprou a cartilha "Os Deveres de Mãe" ou "Como Satisfazer Seus Filhos Por Vinte e Quatro Horas", beijo praquela que tem desejo e vontade própria que, às vezes, falam mais alto que a "sagrada maternidade", beijo pra que erra, e muito, como todo ser menos especial, o "não mãe". Beijo praquela que acerta, independente da obrigação de acertar. Acertar? Beijo praquela que é passional, pra que é crítica, pra que é divertida, pra que é chata, pra que ensina que as mães "não têm que ser todas iguais", pra que ensina a respeitar as diferenças, pra que alimenta os filhos com discernimento, autonomia e bom senso, sem maniqueísmo e dicotomia, pra que nutre, pra que supre, pra que supera, pra que espera, pra que está chegando agora, pra que está partindo e praquela também que achou, por bem, não ser mãe.

E como hoje é uma "ótima desculpa" pra falar da mãe, beijo pra Timoquinha, minha parceirona de uma vida inteira. Mãe real sem tempo integral. Perfeita nas suas imperfeições. Sempre presente sem sufocar e distante sem menosprezar. Mulher inteligente, lúcida, com um senso de justiça que só me enche de orgulho. Quando eu crescer, quero ser igual a ela. Beijo, mãe!


Adicionar legenda

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Brigada, Zoião Verde. Tu é a lindeza em pessoa! <3 ( se coça aê pelo erro de concordância. Hihihi)

      Excluir