domingo, 28 de agosto de 2011

"PAIXÃO- O FEITIÇO VOLUPTUOSO DA LASCÍVIA"

          "(...)exalta a imaginação, encanta e fascina os sentidos. A imaginação pervertida orna de falsas cores os atrativos do mal, faz nascer ilusões enganadoras e impele os sentidos para o gozo e voluptuosidade desordenadas. É preciso aprender a governar esta "louca da casa". A imaginação é o maior excitante das paixões, através dela se corrompe a vontade. Além dos sentidos abertos para os riscos do mundo é dela que vem as tentações interiores, muito mais insidiosas e perigosas de se domar."  (Portugal / Dr Bento Morganti/ Séc.XVIII)  
          
  Se ontem, a PAIXÃO era considerada um veneno, hoje seria um antídoto?


terça-feira, 16 de agosto de 2011

"LUIS GONÇALVES? QUEM É LUIS GONÇALVES?"

     São 6:54 da manhã. Sai uma catraia. Nela está Luis Gonçalves. Ele passa mal. A catraia volta. Cinco homens ajudam a tirar Luis Gonçalves, já quase desfalecido. Deixam-no lá, no chão da estação, a espera de socorro. O homem agoniza. A bilheteira chama o SAMU. Uma, duas, três, seis vezes... nada! O tempo passa. O homem continua agonizando. Trinta minutos depois, chega a polícia com a missão de espantar os curiosos. O que me espanta mesmo, é saber que o único sentimento que os move nesse momento é a curiosidade. Finalmente, depois de 55 minutos, chega o SAMU. Luis Gonçalves já não precisa mais. Já não agoniza mais. O sangue que cada vez menos circula no corpo de algumas pessoas, agora também pára de circular no corpo de Luis Gonçalves. A diferença é que, ELE, está morto!!
     Luis Gonçalves? Quem é Luis Gonçalves?
     São 7:54 da manhã. Sai mais uma catraia. Nela não está Luis Gonçalves...e a vida segue indiferente! 

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

"No te salves" (Mario Benedetti)





No te quedes inmóvil

al borde del camino

no congeles el júbilo

no quieras con desgana

no te salves ahora

ni nunca

no te salves

no te llenes de calma

no reserves del mundo

sólo un rincón tranquilo

no dejes caer los párpados

pesados como juicios

no te quedes sin labios

no te duermas sin sueño

no te pienses sin sangre

no te juzgues sin tiempo



pero si

pese a todo

no puedes evitarlo

y congelas el júbilo

y quieres con desgana

y te salvas ahora

y te llenas de calma

y reservas del mundo

sólo un rincón tranquilo

y dejas caer los párpados

pesados como juicios

y te secas sin labios

y te duermes sin sueño

y te piensas sin sangre

y te juzgas sin tiempo

y te quedas inmóvil

al borde del camino

y te salvas

entonces

no te quedes conmigo.




 (Esse vídeo é parte integrante do filme "El lado oscuro del corazòn". Quer saber mais? Clica aqui ó, que a   Lú te conta tudo...)