domingo, 23 de maio de 2010

"RAPIDINHAS DO PEDRINHO!"

"XEQUE-MATE!!"

Pedrinho vira e mexe tem uns "insights" muito curiosos . Outro dia mesmo , ele virou para mim , "tipo assim" , "do nada" , e perguntou:
-Mãe , como se diz , em espanhol , "leia a bula" ?
Pedi para que ele repetisse...
-Como se diz "leia a bula" em espanhol ?!
-"Leia a bula"... ( Será que é isso mesmo que ele quer dizer ? )
Nesse instante , ele me "corta" impaciente:
-É mãe ! "Bulha" , aquele negócio que vem dentro da caixinha do remédio !
-É bula... ( corrijo eu! )
-É ; é isso ! Anda logo mãe ! Como se diz ?
Bom , apesar da minha "ascendência espanhola" , não fazia a menor idéia . "Xeque- mate" ! O jeito foi dizer que não sabia e prometer uma pesquisa para depois ! Mas... para quê esse menino queria saber isso ? Leia a bula... Humf!!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

"UM,DOIS,TRÊS E...JÁ!!"

Hoje eu tinha um exame para fazer e resolvi ir de ônibus . Como não tenho obrigatoriedade de sempre andar de ônibus , uma vez que tenho carro , devo confessar que tenho um certo "prazerzinho" quando isso acontece . Afinal , uma viagem de ônibus é sempre um bom termômetro para medir a" quantas anda" a nossa tão querida e idealizada "SOCIEDADE".
Entrei e já fui sentando na "janelinha" ; mania de criança que não perdi . ( "Freud" com certeza tem a explicação! ) . Estava eu lá , perdida em meus devaneios , ( vou longe...ih , se vou! ) quando uma moça sentou-se ao meu lado . Seus cabelos eram pintados de um vinho bordeaux muito bonito . Tinha unhas bem feitas , roupas despojadas mas modernas e gestos contidos . Enfim , aparentemente tudo dentro de uma "certa normalidade" . Como não tinha jeito de quem gostava de "bater um papinho" , fiquei surpresa quando ela disse : "Ai...tá um calor , né ?" Respondi : "É , hoje tá meio abafado !" Nem tava...mas não sabia direito o que dizer e quis ser simpática , sem me alongar muito , uma vez que , faltava uns dois minutos para o meu destino final . Porém , foi o bastante para que "o anãozinho que mora dentro do seu cérebro" , desse a largada e ela disparasse a falar...me contou que estava com crise de rinite e que por isso tinha passado o dia de ontem na base de sanduíche . Que hoje de manhã tinha ido à farmácia comprar antibiótico , porque ela sabia que quando estava em crise , precisava tomar "amoxilina" , e que por causa dessa ida à farmácia , não tinha podido levar um papel que lhe pediram no seu novo emprego , (no colégio Objetivo) , onde começará na quarta-feira como secretária da recepção , recebendo um pouco menos (650,00) do que recebia no seu emprego anterior , que era numa construtora chamada Phoenix , onde trabalhava das oito da manhã às duas da tarde , ganhando por isso 750,00. E disse mais...estava na dúvida se ia mesmo aceitar esse emprego , porque ficaria presa e não poderia procurar por coisa melhor. Mas como seu salário desemprego já estava acabando ,( faltava apenas mais duas parcelas para terminar ) , e sua mãe já havia lhe dito que com 42 anos era mais difícil arranjar emprego... ( Quarenta e dois anos ? Pera aí ! Pára tudo ! Ela disse : quarenta e dois anos??? ) Tive que dar uma freada no seu relatório : Nossa!! Não parece... ( e não parecia mesmo ! "Dava" para ela no máximo uns 28 anos ). Ela me olhou , me agradeceu e... "passou a segunda marcha" e continuou : "pois é , não parece porque sou magra , mas tive um ex-namorado que pediu prá eu engordar e então tomei quatro latas de complemento vitamínico e nem assim engordei , mas agora não faço mais isso . Se quiser gostar de mim , tem que ser do jeito que eu sou . Agora tô namorando um "sansey" que é um amor . Já estamos juntos a quase um ano e ele me mandou flores outro dia só porque a gente tinha ficado três dias sem se ver...e como eu não quero ter filhos e ele também não , a gente combina direitinho e...
Bom , como já estava na hora de descer , fui parabenizando-a pela aparência jovial , pelo novo emprego , pelo namorado...por ele ter lhe mandado flores , enfim por tudo ! Desejei tuuuudo de bom prá ela e quando eu já estava quase lá na porta prá sair , ela ainda perguntou: "Tá indo pro trabalho? Por que já ia te desejar bom trabalho!" Respondi laconicamente: "Não, vou ao médico!" Tchauzinho...
Desci do ônibus ainda meio atordoada com tanta informação . Fiquei pensando como uma pessoa consegue se expor tanto e em tão pouco tempo ?! Será que essa é uma tendência dos tempos modernos , onde todos se expõem o tempo todo e em todos os lugares , ou será pura e simplesmente carência crônica e generalizada ?? Vai saber..."Freud" também vai ficar "me devendo mais essa"! Ufa...cansei!!

sexta-feira, 7 de maio de 2010

MÃE...SIMPLES ASSIM!

Hoje é sexta feira e lá vem mais um "DIA DAS MÃES". Hum...DOMINGÃAAAAAO! ALMOÇÃAAAAO! MAMÃE FORA DO FOGÃAAAAAO!
Por mais comercial que seja a data, e é mesmo, é difícil ficar imune a toda essa efervecência das pessoas ensandecidas atrás de um "presentinho para a mamãe". Sim, porque "tolinho" é você que, cai nessa cilada de não comprar nada para a sua mãe, porque ela diz que não precisa. Cuidado! Ano que vem, quando vc cair em si e presenteá-la, a primeira coisa que ela dirá é : "Ainda bem que esse ano você lembrou, porque no ano passado...você ESQUECEU , né filhinho?!" Por isso, pergunto sempre para a minha mãe: "Mãe, além de paz, sossego...o quê você quer ganhar?" Ah, e tem mais; se a mãe não gostar do presente, a culpa é toda da sua insensibilidade. Use a desculpa, "não sei direito do que ela gosta", somente para outras pessoas. Nesse caso é imperdoável! Pense em tudo que sua mãe já fez por você, e se inspire. Para retribuir esse carinho , vale a pena o esforço.
Cuidado se a sua opção de presente for "flores". As de plástico, só dê se quiser ficar orfão! As de supermercado, também pode esquecer...Se for mesmo a sua opção, vá a uma boa floricultura, sem ser em cima da hora, e não escolha o mais fácil, ou o mais óbvio. Escolha algo que realmente tenha a ver com a sua mãe. Capriche na embalagem e não se esqueça de um belo cartão.
No Domingo, já com o "quesito:presente" resolvido, chegue cedo e não tenha a menor pressa de ir embora. Deixe que o almoço se estenda preguiçoso pela tarde à fora. Comida? A melhor! E que seja encomendada, comprada, doada...sei lá! Nada que ela tenha que ir para a cozinha fazer, a não ser que ela goste...DE VERDADE!
Conversas? As mais agradáveis. Nada de reclamar de marido, de mulher, de filhos, de trabalho, de falta de trabalho...pelo menos NESSE DIA NÃO! (Por que será que tem gente que não entende isso?)
Prá completar, se houver "trilha sonora", nada de "corinho": "MAMÃE, MAMÃE, MAMÃE...VOCÊ É A RAINHA DO LAR!" Isso está PRO-I-BI-DO!! Entendeu? PROIBIDO!! (Perceba a diferença: DIA DOS PAIS; "VOCÊ FOI MEU HERÓI, MEU AMIGO..." DIA DAS MÃES; "VOCÊ É A RAINHA DO LAR?!" Não! Nem pensar...)
Bom, acho que, quem puder realizar esse roteirinho básico, porém honesto, terá grandes possibilidades sim, de ter "UM FELIZ DIA DAS MÃES!!" Infelizmente, eu serei uma das que não poderá, porque a "minha melhor mãe do mundo", mora longe. Mas tudo bem; "para amar não é preciso estar perto, é preciso estar dentro!" E ela está tão dentro de mim, que nunca sei ao certo onde começo, ou onde ela termina... Beijo mãe!


MEU MOMENTO MÃE: Enquanto eu escrevia, meus "mais maravilhosos filhos do mundo", estavam perto de mim: O Pedro, fazia continhas que passei para ele .E o Davi, de quatro, trazia a caneta a toda hora, na boca ,pedindo que eu jogasse de novo, como se fosse o "REX".(Não gente! Juro que não fui eu quem ensinou isso para ele...)

quarta-feira, 5 de maio de 2010

OLHA O QUE EU ACHEI!




Estava navegando por aí e encontrei esse trabalho maravilhoso do "Ceó Pontual". Quem quiser saber mais sobre ele acessa aí:  frasesilustradas.wordpress.com  (Garanto que vcs vão gostar!)