domingo, 26 de fevereiro de 2012

RESILIÊNCIA


A palavra não vem. Ela busca, rebusca, mas não vem...

Talvez porque o momento peça silêncio, encapsulamento, digestão.

Cansou de ser o São Jorge, pirou e
comeu o dragão, mas não consegue soltar o fogo pelo nariz...

Está revirando as tripas, os poros, o púbis...

Frio que cala a fala em pleno sol de verão.

Joga a garrafa ao mar.

O socorro já chega  enfiando a mão na garganta. 
Ela vomita e respira aliviada.

Agora ela já pode falar. Entendeu que, mais do que comer o dragão, 
 precisa é aprender a comer um dia de cada vez...

8 comentários:

  1. Sensacional Amiga...impressionada com suas palavras, está escrevendo muito!!!!

    ResponderExcluir
  2. Ahhh, seus lindos!!!! Obrigada! Clara

    ResponderExcluir
  3. Hummm...

    coisa de gente grande! Bacana...já eu preciso aprender a vomitar os dragões que engulo pensando serem sapos!

    Beijossss

    ResponderExcluir
  4. KKKK! Vomite amigo Bruno, vomite...esses dragões têm um poder de mimetismo às avessas que eu vou te contar,hein?! Beijo lindão!! Clara

    ResponderExcluir
  5. Estou de castigo no Face, bloquearam minhas mensagens, dizem que estou com vírus. Pobre de mim.

    ResponderExcluir
  6. KKKKKK!!! Clara (Vou te mandar email)

    ResponderExcluir
  7. Ai que arraso!

    Não só aprender a comer um dia de cada vez, como a fazer um petéculo desse, né Clarinha?!

    ResponderExcluir