terça-feira, 2 de outubro de 2012

"Esta pouca cinza fria..."

A segunda-feira amanheceu silenciosa.
Reverência às convicções que trago comigo há tempos,
mas que hoje têm sabor de descoberta.
Amargo.
Dia-a-dia,
num processo mórbido de expiação de uma culpa que não existe,
mas insiste,
vou me tornando o meu grande algoz.
Morri ontem e só agora sei que não vou ressuscitar no terceiro dia.
Descobri tarde demais que não era Deus.
Você, que já sabia, não me perdoou e
me deixou morrer sozinha...
"Envelhecer não é nada fácil!"










2 comentários: