sábado, 22 de janeiro de 2011

"EM QUAL PLANETA VOCÊ VIVE, JOSEFA?"

     Quando o Pedro nasceu, Josefa trabalhava aqui em casa. Pessoa boníssima mas que, às vezes, diz umas coisas que me faz, sinceramente, desconfiar que talvez ela não more no mesmo "planeta" que eu. Ontem ela esteve aqui em casa. Quando percebeu que eu tinha cortado o cabelo, perguntou com ar de espanto:
     "-SEU MARIDO DEIXOU VOCÊ CORTAR O CABELO?"
     Comecei a rir e perguntei:
     "-E PRECISA?"
     E ela continuou convicta:
     "-LÓGICO, NÉ ?!"  
     Depois dessa entrada, continuou com a sua inspeção minuciosa para  notar em mim, o que mais eu poderia ter mudado para "tentar afrontar" o meu marido. Foi aí que ela descobriu os 1.750 "problemas" que adquiri nos últimos anos, e que tento negar todos os dias que existam:
     "-TÁ MAIS GORDA,NÉ?!"
      Respondi laconicamente, "é...dei uma engordadinha!", conformada que ela diria a mesma coisa até se eu tivesse engordado só duzentos gramas. O pior, foi o olhar que ela fez quando disse isso. Ah, mas como tinha coisa por trás daquele olhar! Aposto que ela estava pensando: 
     "-IH, CUIDADO HEIN! ENGORDANDO ASSIM, TEU MARIDO NÃO VAI TE QUERER MAIS NÃO!!"
      Foi então que nessa hora também pensei:
     "-AHHHHH... A QUE HORAS SAI A PRÓXIMA NAVE PARA JÚPITER,HEIN?!"

5 comentários:

  1. ah, tbm tenho uma josefa na minha vida. a minha (que nao deve ter mais que 30 anos e tah na faculdade comigo), achou legal que meu marido me deixasse ir pra faculdade. vê se pode! ppfff... depois me chamou pra ir pra igreja. como eu neguei (por nao ser religiosa), ela perguntou se eu tinha que pedir permissao ao meu marido. pppff (2).

    ResponderExcluir
  2. Pois é Luci, a Josefa também é evangélica. Daquelas beem bitoladinhas,sabe?! Uma vez,me deu uma caneca onde estava escrito "A mulher sábia edifica o lar". Sempre me perguntei, por que a mulher sábia não pode simplesmente procurar um homem sábio para juntos tentarem edificar qualquer coisa parecida com um lar...
    Pois bem, aquela caneca estava virando um transtorno. Uma cobrança constante! Toda vez que ia tomar café, me vinha aquela coisa à mente: "E aí, já deu sua edificadinha hoje?!"
    E quando eu brigava com o Daniel? Parecia que a caneca era ELE falando: "Tá vendo? Não está sendo sábia. Não está edificando o lar..."
    Bom, meus princípios de pessoa "legal para caramba" , me impediram de tacar a maldita caneca na parede. Só não o fiz mesmo,em consideração à Josefa. Mas acabei por enfiá-la no lugar mais escondido do armário, onde eu nem sequer pudesse vê-la, e ainda assim, só prá garantir, com os dizeres virados para o fundo do armário.rsrsrsrsr "TÁ AMARRADO EM NOME..."

    ResponderExcluir
  3. Olá Clara, meu blogue é novo, ainda ñ tive tempo de continuar, vou terminar em breve, gostei do tee, é massa, eu me acostumei mto com facebook,www.facebook.com/danusio.araujo ..... seria bom agente ser amigos, gosto de novas amizades, e compartilhar e receber tb nossos conhecimento e experiências. Obrigadão amiga>>>>> bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Danusio! Fico feliz que tenha gostado do meu blog. Não consegui identificar o seu. Te acho lá pelo "FACE",ok?! Beijo!

    ResponderExcluir