terça-feira, 1 de junho de 2010

" A PRINCESA"




 Era uma vez, uma princesa muito bonita e  loirinha, que morava num reino distante. 
   
Seu sonho era trabalhar, andava cansada da vida modorrenta que levava na Corte.

Já tinha até ouvido falar que estavam querendo lhe "arrumar marido".
Mas como? Isso não faz o menor sentido!

E agora? Preciso pensar rápido! Não posso dar bobeira se eu não quiser virar uma gata borralheira!

De repente... um barulho enorme!

Eram as suas três fadinhas da sorte.

Mas por que tanta correria? Por que tamanha euforia?
Você não está sabendo? Ai, ai, ai, a princesa pouco anda lendo!

Há uma nova companhia de teatro passando pelo reino.
Dizem que há música, dança, canto, só festa o tempo inteiro!

Hum! É isso que eu quero! Vou ser atriz, ninguém vai  mandar no meu nariz!

As fadinhas ajudaram e de noite a fuga se fez.  Naquele reino, ninguém, nunca mais, vira a princesa outra vez.

Hoje toda noite ela rodopia seu vestido, canta , dança, nunca se cansa.

Apesar de dormir num caminhão,
comer ovo com pão...

...ela tem certeza de que é "FELIZ PARA SEMPRE"!

E o príncipe? Quem sabe ele não viraria um chato e viveria dando no seu saco?
"Quem sabe a vida é não  sonhar?

4 comentários:

  1. Hahaha.. adorei a atitude da princesa..

    Vou te seguir..

    Beijos.. ótima semana.

    ResponderExcluir
  2. Que bom que vc gostou, Priscila!Fico feliz por isso e obrigada por me seguir.Beijo

    ResponderExcluir
  3. Uia...essas princesas estão dentro de todos nós! Ser princesa e atriz, dona do nariz!

    ResponderExcluir